Facebook lança anúncios interativos jogáveis

Facebook lança anúncios interativos jogáveis

Na última quinta-feira, dia 02 de agosto de 2018, foi anunciado o lançamento dos anúncios jogáveis na plataforma do Facebook. Uma vez que os anúncios interativos jogáveis geram mais instalações de pessoas que experimentaram o jogo e assim garante maior probabilidade de serem jogados após a instalação.

Rick Kelley, vice-presidente de jogos do Facebook, disse em uma entrevista à GamesBeat que os anunciantes poderão lançar jogos usando anúncios reproduzíveis, que são experiências de anúncios interativos em campanhas de instalação de aplicativos no Facebook. Esses anúncios são muito mais eficazes porque dão ao jogador uma boa ideia do que o jogo envolve. E uma vez que esses jogadores baixem o aplicativo, é mais provável que eles o joguem porque sabem que é algo que eles já gostaram”, conforme relato do site VentureBeat.

A versão dos anúncios interativos jogáveis do Facebook contam com uma apresentação inicial do jogo e em seguida libera a interatividade. Rick Kelley ressaltou que a versão também usa HTML5. “O resultado é uma experiência mais rica“, disse Kelley.

Ainda de acordo com o site, alguns desenvolvedores de jogos já estão tendo resultados após a implementação dos anúncios interativos jogáveis.

Além de deixar que o game seja testado rapidamente, o Facebook está implementando uma otimização de retenção, para otimizar o sistema de apresentação para direcionar anúncios interativos jogáveis aos usuários com perfis que correspondem ao público-alvo do jogo. Atualmente, a otimização de retenção está sendo testada com anunciantes de aplicativos selecionados, e eles planejam lançá-la mais amplamente no final deste ano.

Em breve também será lançado a otimização de valor com lances mínimos de ROAS para dar aos anunciantes a capacidade de definir uma referência mínima para o retorno do investimento em publicidade ao usar a otimização de valor (lançada no ano passado para que os desenvolvedores identificassem seus usuários mais valiosos e impulsionasse um ROAS mais eficiente, otimizando as campanhas publicitárias para seus usuários mais valiosos).

Fonte: VentureBeat

Deixe uma resposta

Fechar Menu