Firefox vai bloquear áudio e vídeo de reprodução automática

Firefox vai bloquear áudio e vídeo de reprodução automática

A Mozilla anunciou na última segunda-feira, dia 04 de fevereiro de 2019, um novo recurso de bloqueio de reprodução automática audível no Firefox, que será implementado no lançamento do Firefox 66 para desktop e Firefox para Android.

Isso significa que a partir da próxima atualização, prevista para 19 de março de 2019, o Firefox irá permitir que sites reproduzam áudio ou vídeo audível somente após o usuário interagir com a página da Web e autorizar a reprodução “clicando no botão reproduzir”. Vale destacar que a reprodução automática sem áudio, mudo, por padrão ainda será permitido.

Sabemos que o volume não solicitado pode ser uma grande fonte de distração e frustração para os usuários da Web.”, explica o anuncio para justificar a iniciativa.

A companhia destacou que qualquer reprodução audível que ocorra antes que o usuário tenha interagido com a página da web, através de um clique do mouse, pressionando uma tecla imprimível ou toque, será considerado como uma reprodução automática e será bloqueada. Quando o Firefox para Desktop bloquear a reprodução automática de um áudio ou vídeo em uma página Web, será exibido um ícone na barra de URL.

Como a iniciativa visa evitar aborrecimentos aos usuários, a Mozilla irá permitir que os mesmos definam exceções, uma vez que existem alguns sites nos quais os usuários desejam que áudio e vídeo de reprodução automática sejam permitidos.

Firefox vai bloquear áudio e vídeo de reprodução automática

Para isso, basta clicar no ícone exibido na barra de URL para acessar o painel de informações do site, onde será possível alterar a permissão “Reprodução automática de som” para esse site da configuração padrão de “Bloquear” para “Permitir”, após isso o Firefox irá permitir que o site seja reproduzido de maneira audível.

A Mozilla finalizou o anuncio explicando que para os sites nos quais os usuários já tenham concedido permissão para acesso a câmera e microfone, o recurso não irá realizar o bloqueio, uma vez que a empresa entende que os sites já possuem permissão explícita do usuário para executar.

Fonte: Mozilla Hacks

0/5 (0 Reviews)

Deixe uma resposta

Fechar Menu