Microsoft Edge vai ganhar em breve dois novos recursos incríveis

Novos recursos vão permitir que usuários do Edge acompanhem variações de preços e descubram se suas senhas vazaram na internet.

Microsoft Edge vai ganhar em breve dois novos recursos incríveis (Imagem: Reprodução/Microsoft)
Microsoft Edge vai ganhar em breve dois novos recursos incríveis (Imagem: Reprodução/Microsoft)

O Edge, navegador da Microsoft, vai ganhar muito em breve dois novos recursos incríveis. Um deles vai permitir que você rastreie e acompanhe possíveis variações de preço em um determinado produto à venda na internet. Já o outro vai te avisar caso a sua senha tenha vazado na internet, permitindo que você a mude antes que suas contas venham a ser comprometidas por invasões.

O primeiro recurso te auxiliará na hora de fazer compras na internet, especialmente em grandes promoções como as de Black Friday e de Natal. Enquanto você navega pela internet, o Edge vai te avisar como algum item que você visualizou recentemente sofreu alguma alteração de preço, permitindo que você tenha acesso em primeira mão a novas promoções.

Demonstração do recurso de acompanhamento de preço do Edge (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Já o segundo recurso vai te auxiliar na hora de alterar suas senhas caso elas tenham vazado na internet. No momento, o Edge já tem um sistema de acompanhamento de senhas vazadas, que requer a aprovação do usuário. Caso ele perceba que sua senha foi vítima de violações,  o navegador vai te redirecionar para a página de alteração de senha do site (no momento, apenas alguns sites têm compatibilidade com esse recurso) e recomendar uma nova senha, única e muito mais forte.

Demonstração do recurso de gerenciamento de senha do Edge (Imagem: Reprodução/Microsoft)

Ainda não está claro como a Microsoft vai lidar com as questões de privacidade, já que ambas as novidades podem ser consideradas por alguns usuários como invasivas. Afinal, nem todos os usuários gostam da ideia de o navegador rastrear sua senha e analisar suas pesquisas para fazer recomendações. Porém, como a Microsoft sempre garante aos usuários de seus produtos controle total sobre as permissões, espera-se que os dois novos recursos possam ser desabilitados nas configurações do Edge.

Gostou dessa notícia? Pois aproveite e confira também:
Apple pode estar desenvolvendo carro elétrico 100% autônomo para 2025

Fonte: Windows

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário

7 + 8 =