Portrait AI Avatar da Renascença: como baixar e usar para criar seu avatar

O aplicativo Portrait Ai Avatar da Renascença virou uma febre há alguns meses. O app tem uma proposta bastante interessante: transformar uma foto em uma espécie de pintura renascentista (embora o resultado beire mais o barroco, mas não vamos entrar nesse mérito).

Nós testamos o Portrait Ai Avatar da Renascença, tanto a versão gratuita quanto a paga, e vamos te mostrar a seguir tudo a respeito dele. Confira como baixá-lo, como usá-lo para criar um avatar e as diferenças entre a versão gratuita e a paga. Será que vale a pena assinar? Descubra isso e muito mais a seguir!

Como baixar o Portrait Ai Avatar da Renascença

O Portrait Ai Avatar da Renascença está disponível para Android e para iOS. Você pode encontrá-lo, portanto, na Play Store ou na Apple Store, a depender do seu sistema operacional.

O aplicativo é gratuito. Entretanto, ele possui uma versão paga que garante ao assinante a possibilidade de aplicar nas fotos efeitos mais profissionais. Trata-se do “Portrait Pro”. Além disso, a assinatura também desbloqueia a possibilidade de criar um breve vídeo alternando entre as fotos geradas.

Como usar o Portrait Ai Avatar da Renascença
(Captura: Alexandre Garcia Peres / Tech News Brasil)

A versão paga do Portrait Ai Avatar da Renascença tem uma assinatura semanal de R$ 27,99 ou anual de R$ 109,99. Entretanto, a versão gratuita certamente vai atender às suas necessidades e você vai conseguir criar um Avatar da Renascença bem legal. Ao final do artigo, mostraremos a diferença entre as duas versões.

Como usar o Portrait Ai Avatar da Renascença

Vejamos agora o app na prática. Primeiramente, vejamos um pouco sobre a interface da tela inicial e as permissões solicitadas pelo aplicativo.

Iniciando e conhecendo o app

Ao abrir o aplicativo pela primeira vez, você vai precisar conceder algumas permissões a ele. Por exemplo, você vai precisar permitir que ele tire fotos e grave vídeos, bem como que o app possa acessar sua galeria. Afinal, ele precisa ter acesso às suas fotos para aplicar o efeito de pintura renascentista.

Como usar o Portrait Ai Avatar da Renascença
(Captura: Alexandre Garcia Peres / Tech News Brasil)

O aplicativo é bastante simplista em relação ao design. A tela inicial possui apenas três botões.

Como usar o Portrait Ai Avatar da Renascença
(Captura: Alexandre Garcia Peres / Tech News Brasil)

O primeiro botão serve para você abrir a sua galeria de fotos e escolher uma para aplicar o filtro renascentista. Já o segundo botão serve para você tirar uma foto que servirá de modelo. Por fim, o terceiro botão, à direita, serve para alternar entre a câmera frontal e a traseira.

Transformando uma foto em um Avatar da Renascença

Abrindo a galeria, basta escolher uma foto previamente tirada para transformar em um avatar da Renascença. Assim que você selecionar a foto, o aplicativo já vai começar a trabalhar para transformá-la numa pintura renascentista.

Em alguns instantes as fotos transformadas vão ser exibidas em formato de grade, uma ao lado da outra. Você pode arrastar para o lado direito para visualizar mais algumas opções.

Como usar o Portrait Ai Avatar da Renascença
(Captura: Alexandre Garcia Peres / Tech News Brasil)
Como usar o Portrait Ai Avatar da Renascença
(Captura: Alexandre Garcia Peres / Tech News Brasil)

Além disso, há alguns botões abaixo das fotos. O primeiro serve para refazer a transformação e obter novas fotos. O segundo para compartilhar diretamente no Instagram e o terceiro para enviar para outras plataformas.

Como usar o Portrait Ai Avatar da Renascença
(Captura: Alexandre Garcia Peres / Tech News Brasil)

Já o quarto botão serve para você fazer o download da foto em exibição no momento. Se as fotos estiverem sendo exibidas em formato de grade, todas as quatro vão ser baixadas numa única imagem.

Por fim, o quinto botão serve para você alternar entre o formato de grade e o formato de seleção individual de foto. Assim, se você gostou de alguma foto em particular, você pode salvá-la individualmente em sua galeria.

Como usar o Portrait Ai Avatar da Renascença
(Captura: Alexandre Garcia Peres / Tech News Brasil)

Apertando no botão de download, a imagem destacada vai ser enviada à sua galeria. Entretanto, ela terá no canto inferior direito uma marca d’água com o nome do aplicativo.

Diferenças entre a versão gratuita e a versão paga do Portrait Ai Avatar da Renascença

Para ajudar você a decidir se vale ou não a pena assinar a versão paga do Portrait Ai Avatar da Renascença, testamos as duas versões e apresentamos o resultado abaixo.

Versão gratuita x Versão paga do Portrait Ai Avatar da Renascença
Versão gratuita do app (Captura: Alexandre Garcia Peres / Tech News Brasil)
Versão gratuita x Versão paga do Portrait Ai Avatar da Renascença
Versão paga do app (Captura: Alexandre Garcia Peres / Tech News Brasil)

Como você pode ver, a diferença é pequena. Na versão PRO, os avatares até têm alguns detalhes a mais, especialmente no sombreamento. Entretanto, a diferença não justifica o preço bastante elevado da assinatura.

Além disso, o efeito em vídeo beira a propaganda enganosa. Afinal, ela dá a entender que vai permitir ao usuário aplicar o efeito em algum vídeo. Entretanto, tudo o que ela faz é criar uma espécie de apresentação de slides, alternando entre um efeito e outro, como você pode ver abaixo.

A única grande vantagem, que nem é tão grande assim, é a de que na versão Pro as imagens que você salvar na galeria não vão incluir marca d’água. No vídeo, entretanto, o nome do app persiste, mesmo sendo um efeito pago.

Ou seja, é melhor ficar na versão gratuita do aplicativo, mesmo. Até porque é uma moda passageira: em breve você enjoará de criar avatares renascentistas e embarcará em alguma outra onda.

E você, o que achou do Portrait Ai Avatar da Renascença? Conta para a gente aí nos comentários! 😉

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário

4 × dois =