Twitter vai banir quem postar mais de 5 fake news sobre Covid-19

No final desta última segunda-feira (01), o Twitter anunciou que vai começar a banir de forma mais sistemática contas que postarem mais de 5 fake news sobre a Covid-19.

A decisão é uma forma de combater o compartilhamento de informações falsas na rede social, especialmente aquelas que coloquem em risco a saúde pública.

Twitter Covid-19
(Imagem: Divulgação/Twitter)

Essa não é a primeira decisão do Twitter nesse sentido: desde dezembro de 2020, a rede social já remove postagens com mentiras relacionadas à pandemia de Coronavírus, à vacinação etc.

A novidade agora é o fato de o Twitter adotar uma abordagem mais incisiva em relação a estes compartilhamentos. O usuário que postar ou compartilhar uma determinada quantidade de fake news terá sua conta banida permanentemente da plataforma.

Como vai funcionar a identificação das fake news?

Inicialmente, haverá uma apuração do conteúdo postado pela equipe interna do Twitter. Ou seja, haverá intervenção humana nesta primeira fase do projeto.

Entretanto, o Twitter já deixou claro que planeja automatizar o processo a partir do treinamento de uma inteligência artificial. Dessa forma, a IA vai ser capaz de identificar notícias falsas relacionadas a fake news e o processo de identificação, notificação ao usuário e punição poderá ser feito de forma automática.

É claro que, nos primeiros meses, a IA pode ter certa dificuldade em manter uma precisão muito alta na hora de identificar as fake news relacionadas à Covid-19. Entretanto, ela vai aprendendo com o tempo, com seus erros e com seus acertos, a fim de manter uma precisão cada vez maior. Este é o princípio do conceito de Machine Learning.

Punições para quem postar fake news sobre Covid-19

O nível da punição vai depender do número de infrações. Cada postagem de uma fake news envolvendo a Covid-19 vai ser uma infração a mais na conta do usuário. Confira abaixo a tabela de infrações e punições anunciada pelo Twitter:

  • 1 violação: a postagem vai ser marcada com um alerta de “Fake News”;
  • 2 violações: conta bloqueada por 12 horas;
  • 3 violações: conta bloqueada por 12 horas;
  • 4 violações: conta bloqueada por 7 dias;
  • 5 violações: banimento permanente do Twitter.

O usuário receberá uma notificação do Twitter para cada uma das postagens de fake news sobre a Covid-19. Ele estará, portanto, ciente de que o que está compartilhando é informação falsa e que poderá em breve arcar com as consequências do compartilhamento.

Entenda o fenômeno das fake news

A disseminação de fake news é, sem sombra de dúvidas, um dos principais males que o mundo cada vez mais conectado nos trouxe.

Afinal, já está mais que comprovado que o disparo sistemático e consciente de notícias falsas pode causar estragos bastante grandes. Como, por exemplo, danos à democracia, com mentiras mudando o rumo de eleições.

O termo “fake news”, aliás, ficou popular justamente num contexto eleitoral: em 2016, durante as eleições presidenciais dos Estados Unidos, nas quais Donald Trump saiu vitorioso. A expressão, em português, significa literalmente “notícias falsas”.

Quando Trump se elegeu em 2016, diversos portais de notícias e instituições apontaram uma disseminação em massa de notícias falsas em favor do candidato e contra seus adversários políticos. Algumas investigações apontam que o mesmo aconteceu nas eleições brasileiras de 2018.

Em época de pandemia, e com a Covid-19 sendo ferramenta de disputa política, já esperávamos que fake news sobre o vírus circulassem pelas redes sociais, como no próprio Twitter, por exemplo.

Medidas como as que o Twitter anunciou nesta segunda-feira, portanto, são mais do que bem vindas: elas são necessárias. A desinformação e, principalmente, a disseminação de informações falsas são dois dos principais problemas da contemporaneidade.

Quer ficar por dentro de todas as novidades do mundo da tecnologia e do entretenimento? Pois nos siga no Twitter e tenha acesso em primeira mão a todas as postagens aqui do Tech News Brasil!

Editor, redator e revisor da WebGo Content, graduado em Letras – Português/Inglês. Tem experiência com redação e revisão de textos para Web. Apaixonado por poesia, literatura, games, tecnologia e gatos.
FacebookLinkedin

Deixe seu comentário

doze − 10 =