Aplicativo exclusivo para ex-presidiários é testado pelo Facebook

O Facebook está trabalhando em um aplicativo exclusivo para ex-presidiários. O objetivo da empresa é promover a reintegração de ex-detentos na sociedade.

Em suma, o software, chamado de “Re-Entry”, faz parte de um esforço global da empresa para criar serviços direcionados para comunidades marginalizadas. Saiba mais sobre a novidade que está em desenvolvimento.

Facebook aplicativo exclusivo ex-presidiarios
Facebook testa aplicativo exclusivo para ex-presidiários (Imagem: Unsplash / Thought Catalog )

Facebook testa aplicativo exclusivo para ex-presidiários

Re-Entry é o mais novo projeto do Facebook em prol das comunidades marginalizadas. Em resumo, o aplicativo exclusivo para ex-presidiários é mais um dos esforços da gigante da tecnologia para fazer a diferença na sociedade.

A iniciativa foi revelada na última quarta-feira (24), pela Bloomberg, e já apareceu para alguns usuários do Instagram. Isto é, o app notificou alguns usuário, questionando se gostariam de participar da “preparação para a vida após a prisão”.

Dessa forma, quem recebeu o convite da rede social estava apto para acessar e dar um feedback sobre o aplicativo. Por outro lado, a abertura de testes não estava nos planos do Facebook.

Isto é, a ideia é era realizar apenas testes internos para o aplicativo exclusivo para ex-presidiários. Assim, a empresa removeu os anúncios das demais plataformas.

Objetivo é auxiliar na reintegração à sociedade

De acordo com o noticiado, a ideia do Facebook com o aplicativo exclusivo para ex-presidiários é oferecer uma oportunidade de reintegração à sociedade.

Apesar de pouco sabermos sobre o aplicativo, o objetivo da empresa é explorar outras formas de ajudar quem faz parte de comunidades marginalizadas.

Assim como outros projetos, o Re-Entry é a aplicação de uma ideia da gigante da tecnologia em forma de experiência.

Aplicativo exclusivo para ex-presidiários ainda está em fases de teste

Por outro lado, vale destacar que o aplicativo não tem garantias de chegar aos usuários. Em fase de testes, a ferramenta é mais uma ideia que vem sendo testada, mas sem garantia de chegar aos usuários de fato.

Contudo, as chances de o aplicativo exclusivo para ex-presidiários, ou um derivado dele, seguir adiante são bem grandes. De acordo com o CEO da marca, Mark Zuckerberg, a ideia é fazer com que a empresa construa novos produtos e ferramentas para promoção de justiça racial e social.

Exemplo disso é que o Instagram passou a contar com uma equipe que desenvolve recursos para proteger adolescentes que utilizam a plataforma.

Ação faz parte dos novos objetivos da empresa

Em suma, a ação faz parte dos novos movimentos da gigante da tecnologia em busca de mais igualdade. Ao menos no papel, o Facebook vem se alinhando com políticas de integração e igualdade.

Mas a ideia de desenvolver um aplicativo exclusivo para uma determinada parte marginalizada da sociedade é uma novidade. Diferente de outras iniciativas, o app seria de fato um serviço, e não apenas mais uma funcionalidade dentro de um aplicativo maior.

A dificuldade de reintegração de muitos ex-presidiários é o que motivou a iniciativa da empresa. Contudo, diante da atual polarização social e política, existe a dúvida se o serviço contaria com uma boa aceitação.

Por outro lado, a tentativa da empresa em se posicionar em prol dessa parte da sociedade mostra uma importante iniciativa em busca do fortalecimento da igualdade social.

 

Aproveite também para seguir o Tech News Brasil no Twitter. Lá você fica por dentro de todas as notícias e novidades do mundo da tecnologia e do entretenimento em primeira mão!

 

Fonte: Bloomberg

Redator da WebGo Content. Especialista em comunicação para internet, com experiência de 04 anos em SEO e Marketing Digital. Apaixonado por tecnologia, comunicação, música e games.
InstagramLinkedinTwitter

Deixe seu comentário

5 + 3 =